19 de set de 2010

Tecido do cotidiano

 

Tenho aprendido com o tempo que a felicidade vibra na frequência das coisas mais simples. Que o que amacia a vida, acende o riso, convida a alma pra brincar, são essas imensas coisas pequeninas bordadas com fios de luz no tecido áspero do cotidiano. 

Ana Jácomo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Flickr