22 de jul de 2010

Requintes de Delicadeza





É com requintes de delicadeza que me conquistam. Mesmo que eu tenha crises de mau-humor ou de independências, espera com tranquilidade minha entrega, deixa eu querer ficar até que eu pense por dentro: “isto é a felicidade!”.Mas não desarrume minha rotina tão bruscamente, nem exija de mim o contrário do que havia quando me conheceu.Assim, eu serei outra pessoa, e nada mais restará do encanto.É com requintes de delicadeza que te guardarei no corpo.E não vou querer nada além do que nos parecer justo: tua mão na minha , meu olhar no teu, e um Universo inteiro por explorar...tão nosso. Ao contrário, eu me despeço. Com todo o requinte de delicadeza que certas crueldades têm.
 

*


*
Marla de Queiroz

Do blog lindo e inspirador transFLORmar-la: http://doidademarluquices.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Flickr