2 de nov de 2009

Que seja Doce o Novembro!

Oi, pessoal!

Neste início de mês deixo aqui uma indicação de produção cinematográfica. Já aviso que é um filme de amor.Um drama, mais especificamente. Vale a pena assistir e se emocionar. Doce Novembro é um filme sobre o poder do amor de causar mudanças nas pessoas que se entregam ao sentimento. Dirigido por Pat O'Connor (Círculo de Paixões) traz de volta às telas o casal de Advogado do Diabo, Charlize Theron (O Enigma do Espaço) e Keanu Reeves (Matriz).

Completando a indicação, há abaixo o vídeo com a música do filme e sua respectiva tradução. Muito lindoooooooooo!!!!!!!!!!!


Sinopse: Nelson Moss (Reeves) é uin publicitário que não tem tempo para nada, nem ao menos para sorrir. Vive em função de suas campanhas e dos clientes que pode conseguir arrancar da concorrência. Quando vai fazer a prova para renovar a habilitação, Nelson pede cola para uma moça sentada a seu lado e o inspetor recolhe o teste dela obrigando-a a aguardar um mês até a próxima tentativa. Essa mulher é Sara Deever (Charlize). Sara é jovem e bonita, de bem com a vida, sorridente e encantadora, o oposto de Nelson. Para recompensá-la da prova perdida ele oferece dinheiro que compensasse o que ela poderia ganhar num mês, mas ela recusa. Porém, Nelson não está livre da desmiolada Sara. Ela aparece sem mais nem menos cobrando urna carona, afinal está sem sua carta. Os dois acabam por ficar amigos e ela surge com uma inesperada e estranha proposta: passariam juntos o mês de novembro, nem um dia a mais, nem um a menos, e ela mudaria a vida dele para sempre.

No início Nelson fica com um pé atrás, como poderia largar sua carreira assim, por uma mulher que nem conhece? Mas o destino se encarrega de solucionar essa questão. Devido a uma apresentação nada convencional feita a um cliente que sua agência estava prospectando, Nelson é demitido. Por não conseguir tirar a moça da cabeça nem por um minuto, ele decide aceitar a proposta e passar um mês ao lado dela. Durante o tempo que ficam juntos, Nelson aprende o real significado da palavra viver e um forte sentimento surge entre ambos. Sara não é nada aberta, nunca fala de sua vida e nem da família. Nelson descobre, sem querer, que ela sofre de um terrível tipo de doença e por isso age dessa maneira, afastando os homens após um curto período de relacionamento. Porém, dessa vez nem ela mesma pode controlar a situação e seu coração. E o jovem também não aceitará facilmente sair de sua vida como os outros fizeram.

 

2 comentários:

Flickr